Segunda-feira, 18 de dezembro de 2017.
Notícias ››   Imprensa on-line ››  

Votação aberta na cassação de Aécio

publicada em 14 de outubro de 2017
Votação aberta na cassação de Aécio



Deu ruim para Aécio Neves (PSDB-MG), pois a Justiça Federal em Brasília determinou votação aberta no Senado para a votação sobre o afastamento ou não do tucano.

A liminar, se confirmada, bagunça a estratégia de Michel Temer (PMDB) e a sobrevivência do próprio senador do PSDB. A medida, se mantida, facilita a cassação de Aécio — como pregam a bancada do PT e o senador Roberto Requião (PMDB-PR).
“Não entendo esta mandraquice de impedir voto secreto que regimentalmente não haveria. Mais 15 minutos de protagonismo para o judiciário?”, criticou Requião, espécie de ombudsman informal do Senado.


A ação popular proposta pelo presidente da União Nacional dos Juízes Federais (Unajuf), Eduardo Luiz Rocha Cubas, registra que “foi noticiada a possibilidade de que o Senado poderá esconder-se por trás do voto secreto” para decidir sobre o futuro de Aécio e cita a Constituição para embasar que “os políticos devem satisfação como os ministros do STF [Supremo Tribunal Federal] pela sua atuação”.
Na decisão, o juiz Márcio Luiz Coelho de Freitas conclui que “a adoção de votação sigilosa configuraria ato lesivo à moralidade administrativa, razão pela qual defiro a liminar para determinar que o Senado Federal se abstenha de adotar sigilo nas votações referentes à apreciação das medidas cautelares aplicadas ao senador Aécio Neves”.
No final de setembro, a Primeira Turma do Supremo Tribunal Federal (STF) decidiu, por 3 votos a 2, afastar o senador Aécio Neves do exercício de seu mandato, medida cautelar pedida pela Procuradoria-Geral da República no inquérito em que o tucano foi denunciado por corrupção passiva e obstrução de Justiça, com base nas delações premiadas da empresa J&F.
Com informações da Agência Brasil
Versão para impressão Envie para um amigo Deixe seu comentário
blog do Esmael

Envie esta notícia para seus amigos

Seu nome:
Seu e-mail:
Enviar para:
envie para vários e-mails separando-os com vírgula

Deixe seu comentário sobre esta notícia

Seu nome:
Seu e-mail:
Escreva seu comentário:
0 caracteres utilizados. Máximo 100 caracteres.

Digite o código contido na imagem ao lado:
Caso não consiga ler o texto da imagem, clique aqui.

Comentários

Nenhum comentário ainda foi registrado.
Seja o primeiro a comentar! Clique aqui ››

Contato

Telefone
(61) 35418388
(61) 93094422