Terça-feira, 04 de agosto de 2020.
Notícias ››   Imprensa on-line ››  

‘Peguei mofo no pulmão’, admite o presidente, que ontem foi ao Nordeste e hoje vai ao Sul do país

publicada em 31 de julho de 2020
‘Peguei mofo no pulmão’, admite o presidente, que ontem foi ao Nordeste e hoje vai ao Sul do país


Foto Reprodução

O presidente Jair Bolsonaro estaria com uma infecção pulmonar, definida por ele como “mofo no pulmão” na live semanal nessa quinta-feira 30.

Mesmo assim, e com a primeira-dama Michelle Bolsonaro testando positivo para o coronavírus, o presidente vai continuar a cumprir agendas de viagens para inaugurar obras e fazer discursos em meio à pandemia, que já matou mais de 91 mil brasileiros e registrou outros 2,6 milhões de casos confirmados.


“Eu acabei de fazer um exame de sangue, estava com um pouco de fraqueza ontem, estava com um pouco de infecção também. Estou tomando antibiótico. Também, depois de 20 dias dentro de casa, a gente pega outros problemas. Peguei mofo no pulmão”, disse. Durante a transmissão, Bolsonaro tossia algumas vezes.

Informações ouvidas pela colunista Carla Araújo, do UOL, deram conta de explicar que o presidente tem um quadro leve de infecção e trata o quadro com antibióticos. Os médicos não associam explicitamente a condição ao quadro de covid-19 que Bolsonaro teve, apesar das infecções pulmonares serem comuns em quadros da doença.

Apesar da saúde ainda em tratamento, o presidente cumpriu, na quinta, uma agenda de visitas, discursos e lançamento de um sistema de abastecimento em um município no interior da Bahia. Lá, subiu em cavalo, acenou com chapéu e puxou a máscara para o queixo.

Nesta sexta-feira 31, Bolsonaro embarca para Bagé, no Rio Grande do Sul, onde visitará uma escola militar e entregará moradias, diz a nota da agenda presidencial. “Amanhã, barra pesada, porque a temperatura lá em Bagé tá zero grau”, disse o presidente na transmissão ao comentar sobre a viagem.

A média móvel de novos casos por dia está, atualmente, em cerca de 45 mil infecções. A de óbitos permanece estável entre 1000 óbitos novos óbitos confirmados diariamente, mostram informações compiladas pelo Conass.

Apesar da situação de “platô”, diversas regiões do País, como o Sul, para onde Bolsonaro viajará, ainda registram aumento da doença.
Versão para impressão Envie para um amigo Deixe seu comentário
Carta Capital

Envie esta notícia para seus amigos

Seu nome:
Seu e-mail:
Enviar para:
envie para vários e-mails separando-os com vírgula

Deixe seu comentário sobre esta notícia

Seu nome:
Seu e-mail:
Escreva seu comentário:
0 caracteres utilizados. Máximo 100 caracteres.

Digite o código contido na imagem ao lado:
Caso não consiga ler o texto da imagem, clique aqui.

Comentários

Nenhum comentário ainda foi registrado.
Seja o primeiro a comentar! Clique aqui ››

Contato

Telefone
(61) 35418388
(61) 93094422