Sexta-feira, 19 de abril de 2019.
Notícias ››   Imprensa on-line ››  

Elegante até no golpe

publicada em 12 de abril de 2019
Elegante até no golpe
Maria Thereza Goulart: biografia traz visão da então primeira-dama sobre o golpe de 64
Por João Batista Jr














A ex-primeira dama Maria Thereza Goulart, viúva do ex-presidente Joao Goulart (Leo Martins/Agência O Globo)


Resultado de uma apuração iniciada em 2006, o livro Uma Mulher Vestida de Silêncio — A Biografia de Maria Thereza Goulart, do jornalista Wagner William, foi lançado há uma semana. A obra traz a visão da então primeira-dama sobre o golpe de 1964 — que apeou do poder seu marido, João Goulart. Em 1º de abril daquele ano, a sempre elegante Maria Thereza foi expulsa da Granja do Torto com os dois filhos, Denise e João Vicente, e apenas uma mala de roupa — suprema heresia para quem tinha um guarda-roupa cheio de peças assinadas pelo estilista Dener. “É um livro sobre política, não sobre as roupas e recepções da biografada”, conta o autor. Do período no exílio no Uruguai e na Argentina, ela recorda a angústia de não poder entrar no Brasil para enterrar seus pais — e a melancolia do marido. Aos 78 anos, divide-se entre Rio, Brasília e Porto Alegre. Sabe-se que gostou de ver que a população não apoiou as comemorações dos 55 anos do golpe.
Versão para impressão Envie para um amigo Deixe seu comentário
O Globo, Veja

Envie esta notícia para seus amigos

Seu nome:
Seu e-mail:
Enviar para:
envie para vários e-mails separando-os com vírgula

Deixe seu comentário sobre esta notícia

Seu nome:
Seu e-mail:
Escreva seu comentário:
0 caracteres utilizados. Máximo 100 caracteres.

Digite o código contido na imagem ao lado:
Caso não consiga ler o texto da imagem, clique aqui.

Comentários

Nenhum comentário ainda foi registrado.
Seja o primeiro a comentar! Clique aqui ››

Contato

Telefone
(61) 35418388
(61) 93094422