Blog Página 64

Este "blog" pretente abrir un canal de discussão da soberania brasileira em seu amplo contexto de legalidade constitutcional, seus caminhos e alternativas, que a Nação necessita para sua emancipação.

Busca

Autores

Histórico

-Obrigado por preservar Brasília, Liliane!

14 de abril de 2015
-Obrigado por preservar Brasília, Liliane!

No Correio Braziliense do dia 12 deste mês de abril 2015, domingo de manifestações contra o governo constituído da presidente Dilma Rousseff, onde iriam fazer no Brasil um ato maior contra a Constituição nacional, este jornal, dos antigos “Diarios Associados”, velhos conhecidos golpistas contra o regime democrático em 1964, se lê na coluna “EIXO CAPITAL” de Ana Maria Campos a seguinte nota: “Agradecimento”.
Diz a nota:
Ana Christina Kubitschek, neta de JK, não tem se manifestado publicamente sobre a criação do memorial de Jango, mas em mensagem enviada ontem à deputada Liliane Roriz (PRTB), ela deu uma pista do que pensa. “Querida Liliane, parabéns pela sua luta em preservar Brasília”, escreveu.
Na semana passada, Liliane encaminhou ao Ministério público uma representação contraria a criação do monumento em homenagem ao ex- presidente João Goulart.
Preservar Brasília de qué ? De quem? De alguma coisa como a construção de um espaço cultural que se integrará ao patrimônio do GDF para contar e preservar os conceitos universais de Liberdade e Democracia?
Um espaço para lembrar permanentemente de todos aqueles que foram perseguidos pelo golpe de 1964, preservar a triste história de todos aqueles que sob a proteção do Estado brasileiro foram torturados, mortos e desaparecidos por um regime totalitario, prepotente e ilegal?
Será que é escondendo um regime que acabou com os direitos humanos fundamentais e subjugou nosso povo à censura, à falta de liberdade, à prepotência, ao aoutoritarismo e à troca de presidentes da República através do voto universal dos cidadãos brasileiros por genarais de quatro estrelas, é que iremos preservar Brasília?
Será que é escondendo a história de nossas tragédias é que a estaremos preservando? Será que é em nome desconhecer o passado que vitimou inclusive o Presidente Juscelino Kubitschek é que preservaremos Brasília?
Ou seria preservar para sí mesmos a ignorância dos intolerantes que pensam que só sua opiniões e líderes tem direito de serem publicos quando nossa capital foi fundada por brasileiros de todos os rincões, raças e povos que compõe nossa digna e missigenada população?
Ou querem cassar Jango novamente cinquenta e um anos depois do golpe por que tal vez ele ainda é a bandeira das reformas políticas que até hoje não foram feitas no nosso país?
A reforma agraria, a urbana, a tributaria, a educacional, a lei de remessas de lucros, a reforma educacional e tantas outras até hoje obstaculizadas pelas elites que não desejam estas mudanças, a mesma que pensa ser propietária de espaços publicos; ou melhor, elites estas que são propietarias de espaços publicos e os querem na univocidade da sua propiedade privada
?
A pergunta óbvia que não quer desistir impressa nesse cálido agradecimento: -“obrigado por preservar Brasília”, seria de quem? Preservar Brasília de quem?
Deveríamos preservar Brasília dos assaltos aos seus cofres publicos, preservar Brasília daqueles que são filmados no exercício do poder recebendo propinas de dinheiro publico, deveríamos preservar Brasília daqueles que são processados por improbidade administrativa, deveríamos preservar Brasília daqueles que são levados à prisão por compra de alvarás e corrupção de funcionarios publicos para exigir vantagens em benefícios pessoais e empresariais.
È disso que devemos preservar Brasília e não através de obstaculizar um espaço cultural que passará a ser parte do patrimônio publico do GDF e que tem o intuito de contar a história do fatídico Golpe de Estado de 1964.
Preservemos sim Brasília.

Preservemo-a dos intolerantes e daqueles que só querem um lado da história.

Preservemos Brasília.

Preservemos Brasília, nossa capital de todos os brasileiros dos intolerentes, dos corruptos e dos petulantes!

João Vicente Goulart.
Diretor do Instituto João Goulart
postado por Joao Vicente Goulart às 08:45

Comentários

Nenhum comentário foi registrado para este post.
Seja o primeiro a comentar!

Deixe seu comentário

Seu nome:
Seu e-mail:
Escreva seu comentário:
0 caracteres utilizados. Máximo 100 caracteres.

Digite o código contido na imagem ao lado:
Caso não consiga ler o texto da imagem, clique aqui.