Domingo, 21 de julho de 2019.
Notícias ››   Imprensa on-line ››  

Com paralisação do Mais Médicos, Brasil poderá registrar 100 mil mortes evitáveis até 2030

publicada em 01 de maio de 2019
Com paralisação do Mais Médicos, Brasil poderá registrar 100 mil mortes evitáveis até 2030
https://nossapolitica.net/2019/04/mais-medicos-brasil-100-mil/




Com paralisação do Mais Médicos, Brasil poderá registrar 300 mil mortes precoces até 2030Com paralisação do Mais Médicos, Brasil poderá registrar 100 mil mortes evitáveis até 2030
É o que revela estudo do Instituto de Saúde Coletiva da Universidade Federal da Bahia (UFBA), em colaboração com pesquisadores da Universidade Stanford, nos EUA, e do Imperial College, em Londres.
De acordo com dois estudos realizados pelo Instituto de Saúde Coletiva da Universidade Federal da Bahia (UFBA), em colaboração com pesquisadores da Universidade Stanford, nos EUA, e do Imperial College, em Londres, o Brasil poderá registrar 300 mil mortes consideradas evitáveis até 2030. As informações dão de Monica Bergamo, na Folha de S.Paulo.


Os óbitos seriam consequência de uma eventual paralisação do programa Mais Médicos e do congelamento dos gastos federais na atenção básica de saúde no país, com o teto de gastos.

Um deles foi publicado nesta sexta (26) na BMC Medicine, uma das principais revistas médicas do mundo. O estudo analisou dados de 5.507 municípios brasileiros em uma projeção de 2017 até 2030. O levantamento não inclui os óbitos em maiores de 70 anos.

De acordo com a pesquisa, as principais causas de morte seriam em decorrência de doenças infecciosas e deficiências nutricionais.

As informações são da Folha de S.Paulo.



Versão para impressão Envie para um amigo Deixe seu comentário
Nossa Política

Envie esta notícia para seus amigos

Seu nome:
Seu e-mail:
Enviar para:
envie para vários e-mails separando-os com vírgula

Deixe seu comentário sobre esta notícia

Seu nome:
Seu e-mail:
Escreva seu comentário:
0 caracteres utilizados. Máximo 100 caracteres.

Digite o código contido na imagem ao lado:
Caso não consiga ler o texto da imagem, clique aqui.

Comentários

Nenhum comentário ainda foi registrado.
Seja o primeiro a comentar! Clique aqui ››

Contato

Telefone
(61) 35418388
(61) 93094422