Terça-feira, 15 de outubro de 2019.
Notícias ››   Imprensa on-line ››  

O “ABACAXI” DO BOLSONARO

publicada em 24 de abril de 2019
O “ABACAXI” DO BOLSONARO
Marco Campanella (*)




Inspirado pelos ares israelenses, antes de seu regresso ao Brasil, depois de colocar uma saia justa nos militares ao propor a comemoração do golpe de 64, o atual ocupante da Presidência afirmou que o exercício da suprema magistratura pátria “é um abacaxi” e que “está tocando o barco”.

As declarações podem surpreender ou até escandalizar muitos, mas, se analisadas em sua profundidade, veremos que são a expressão do que representa Bolsonaro e o bolsonarismo, essa tosca “ideologia”, se é que podemos auferir-lhe esta alcunha, que chegou ao poder no país.

Senão, vejamos.

“Abacaxi”? Bolsonaro durante a disputa eleitoral jamais expôs essa opinião. Do alto de seus mandatos parlamentares, não tinha o direito de desconhecer a real situação do país.

Então, qual a razão de ter disputado “o abacaxi”?

Certamente, não para descascá-lo e resolver os reais problemas sociais, econômicos e políticos do país, algo que sabíamos que ele seria absolutamente incapaz, mas, sobretudo, para cumprir a ardilosa, escandalosa e vergonhosa missão de capacho do imperialismo e de seus lacaios internos, especialmente o sistema financeiro.

Em menos de cem dias de desgoverno, Bolsonaro já mostrou fartamente a que veio com sua desastrosa política externa, o estrangulamento do trabalho e dos salários, o assalto às aposentadorias dos mais pobres, a entrega do patrimônio e das riquezas nacionais e a tentativa da destruição das estruturas de proteção social e das organizações sindicais.

Nem Temer, com toda sua submissão ao mercado, ousou tanto.

“É um abacaxi” governar o Brasil porque há e haverá uma resistência crescente ao desmonte social e econômico em curso.

Quanto a tocar o “barco”, trata-se de uma soberba, entre tantas, pois, pelo caminho do desmonte, o destino dessa embarcação será inevitavelmente o naufrágio, que só não se consumará em razão da crescente resistência que cresce em toda sociedade.


(*) Jornalista
Versão para impressão Envie para um amigo Deixe seu comentário
Pagina 64, Marco Campanella

Envie esta notícia para seus amigos

Seu nome:
Seu e-mail:
Enviar para:
envie para vários e-mails separando-os com vírgula

Deixe seu comentário sobre esta notícia

Seu nome:
Seu e-mail:
Escreva seu comentário:
0 caracteres utilizados. Máximo 100 caracteres.

Digite o código contido na imagem ao lado:
Caso não consiga ler o texto da imagem, clique aqui.

Comentários

Nenhum comentário ainda foi registrado.
Seja o primeiro a comentar! Clique aqui ››

Contato

Telefone
(61) 35418388
(61) 93094422