Terça-feira, 23 de julho de 2019.
Notícias ››   Imprensa on-line ››  

Saúde de Bolsonaro só piora, mas versão oficial diz que ele está ótimo

publicada em 08 de fevereiro de 2019
Saúde de Bolsonaro só piora, mas versão oficial diz que ele está ótimo



Por Mauro Lopes, editor do 247 e do Jornalistas pela Democracia -

O Brasil está sem presidente, que está internado há quase duas semanas -13 dias contados desde Jair Bolsonaro deu entrada no hospital Albert Einstein, em 27 de janeiro. Não fala, está numa Unidade Semi-Intensiva (com risco de voltar para a UTI a qualquer momento), sua saúde só deteriora, mas o país está sendo enrolado por uma versão oficial amplificada pelas redes sociais bolsonaristas e a mídia conservadora segundo a qual ele está "ótimo" e todos os agravamentos que sofre desde a cirurgia seriam "esperados". É tudo balela.

Bolsonaro deveria ter tido alta na quarta-feira, 6 de fevereiro, na programação divulgada pelo hospital e pelo governo -ficaria, portanto, nove dias internado. Já está 13 e não tem previsão de alta. Está sem qualquer condição física para o exercício da Presidência da República. Ele sequer fala com as pessoas! Seu vice, o general Mourão, informou na noite desta quinta que não consegue falar com ele, que está incomunicável -só conversa com médicos, outros profissionais de saúde do hospital com a mulher e os filhos (leia aqui).



Mas como o bolsonarismo está transformado Mourão em seu inimigo jurado, é preciso manter o teatro do presidente saudável, enquanto o governo está cada dia mais paralisado.

O que assistimos nessas quase duas semanas foi uma cuidadosa edição que o governo e as mídias conservadoras fizeram dos boletins médicos, (des)informando o país que estava tudo sob controle. O 247, desde a cirurgia, tem alertado que nada está sob controle e que os sinais são de deterioração do quadro de saúde de Bolsonaro.

De fato os boletins médicos permitem essa edição que construiu a versão açucarada da saúde de Bolsonaro e que só agora começa a azedar. Vale a pena examinar cada boletim. Eles contém informações relevantes, mas sua divulgação foi editada diariamente pelo governo, pelas mídias bolsonaristas e pela mídia conservadora corporativa, para iludir o país. Todos podem ser encontrados no site do próprio Albert Einstein, aqui. 
Versão para impressão Envie para um amigo Deixe seu comentário
Por Mauro Lopes, editor do 247 e do Jornalistas pela Democracia -

Envie esta notícia para seus amigos

Seu nome:
Seu e-mail:
Enviar para:
envie para vários e-mails separando-os com vírgula

Deixe seu comentário sobre esta notícia

Seu nome:
Seu e-mail:
Escreva seu comentário:
0 caracteres utilizados. Máximo 100 caracteres.

Digite o código contido na imagem ao lado:
Caso não consiga ler o texto da imagem, clique aqui.

Comentários

Nenhum comentário ainda foi registrado.
Seja o primeiro a comentar! Clique aqui ››

Contato

Telefone
(61) 35418388
(61) 93094422