Domingo, 20 de agosto de 2017.

DIRETO DA REDE: NÃO SE FAZ REVOLUÇÂO COM FLORES. Suzana Pequeno.

publicada em 26 de maio de 2017

DIRETO DA REDE: NÃO SE FAZ REVOLUÇÃO COM FLORES.



Diante de bandidos e aproveitadores não se faz revolução com flores. Lembram de Jesus e os vendilhões do Templo?!

Sou contra a destruição do patrimônio público, mas também sou contra a destruição dos direitos básicos do povo.

"Não confunda a resistência do oprimido com a violência do opressor." Portanto:

Vandalismo é elevar a dívida pública em R$ 3,11 trilhões só em abril;

Vandalismo é congelar por 20 anos os investimentos na saúde e educação;

Vandalismo é perdoar 25 BILHÕES sonegados pelo banco Itaú;

Vandalismo é perdoar R$ 105 Bilhões às Teles;

Vandalismo é calar a boca de um bandido com R$ 500 mil por semana pelos próximos 20 anos;

Vandalismo é acabar com o Ciência sem Fronteiras;

Vandalismo acabar com a farmácia popular;

Vandalismo é a reforma do ensino médio, da previdência e trabalhista;

Vandalismo é ter um congresso com mais de 200 políticos envolvidos em Corrupção;

Vandalismo é um helicóptero com meia tonelada de pasta base de cocaína;

Vandalismo é tirar dinheiro da saúde pra construir aeroporto na fazenda do tio.

Por isso, parem de chamar o povo de "massa de manobra" e manifestantes de "vândalos"! Eles estão nas ruas levando "bala, porrada e bomba" para defender NOSSOS direitos!

Por Suzana Pequeno.
Versão para impressão Envie para um amigo Deixe seu comentário
IPG

Envie esta notícia para seus amigos

Seu nome:
Seu e-mail:
Enviar para:
envie para vários e-mails separando-os com vírgula

Deixe seu comentário sobre esta notícia

Seu nome:
Seu e-mail:
Escreva seu comentário:
0 caracteres utilizados. Máximo 100 caracteres.

Digite o código contido na imagem ao lado:
Caso não consiga ler o texto da imagem, clique aqui.

Comentários

Nenhum comentário ainda foi registrado.
Seja o primeiro a comentar! Clique aqui ››

Contato

Telefone
(61) 35418388
(61) 93094422