Terça-feira, 27 de junho de 2017.

Filho do Teori pede impeachment e suspeita que derrubaram o avião com seu pai.

publicada em 21 de maio de 2017


Filho do Teori pede impeachment e suspeita que derrubaram o avião com seu pai.

E informa que o pai, assombrado com os fatos e sua extensão. pediu apoio das forças armadas e que o PT não fez nenhuma pressão contra a operação lavajato. Teria dito que são outros os que estão querendo, a todo custo, "estancar a sangria".

Um deles do PSDB disse em áudio gravado, conforme divulgado ontem, que poderiam chegar à mortes. Força de expressão?

Muito forte.

Vejam o texto dele a seguir

Abs

Ronald


"Francisco Savascki 17/5/2017:

O PMDB está no poder desde sempre e, como todos sabemos, estava com o PT (RL: e antes com o PSDB) aproveitando tudo de bom que o governo pode dar... até que veio a Lava Jato.

A ordem sempre foi a de parar a operação (isto está gravado nas palavras de seus líderes) . Todavia, ao que parece, até para isso o PT era incompetente e, ao que tenho notícia, de fato o PT nunca tentou nada para barrar a Lava Jato (ao menos o pai sempre me disse que nunca tinham tentado nada), o que sempre gerou fortes críticas de membros do PMDB.

O problema é que as investigações começaram a ficar mais e mais perto e os lideres do PMDB viram como única saída, realmente, brecar a operação a qualquer custo. Para isso precisava de poder. Derrubaram a Dilma e assumiu o Temer. Do que eles são capazes? Será que só pagar pelo silêncio alheio? Ou será que derrubar avião também está valendo?

O pai sabia de tudo isso. Sabia quanto cada um estava afundado neste mar de corrupção. Não é por acaso que o pai estava tão aflito com o ano de 2017.

Aflito ao ponto de me confidenciar que havia consultado informalmente as forças armadas e que tinha obtido a resposta de que iriam sustentar o Supremo até o fim.

Que gente cínica. Não tem coisa que me embrulha mais o estômago do que lembrar que, no dia do velório do meu pai, diante de tanta dor, ainda tive que cumprimentar os membros daquele que foi apelidado naquele mesmo dia de o "cortejo dos delatados".

Impeachment já.

Desculpem o desabafo, mas não tenho como não pensar que não mandaram matar o meu pai."


Fonte: FOLHA POLITICA.ORG que informa que o post foi apagado mas o print foi salvo pelo jornalista Kelly Matos
Versão para impressão Envie para um amigo Deixe seu comentário
Alipio Freire , por e-mail

Envie esta notícia para seus amigos

Seu nome:
Seu e-mail:
Enviar para:
envie para vários e-mails separando-os com vírgula

Deixe seu comentário sobre esta notícia

Seu nome:
Seu e-mail:
Escreva seu comentário:
0 caracteres utilizados. Máximo 100 caracteres.

Digite o código contido na imagem ao lado:
Caso não consiga ler o texto da imagem, clique aqui.

Comentários

Nenhum comentário ainda foi registrado.
Seja o primeiro a comentar! Clique aqui ››

Contato

Telefone
(61) 35418388
(61) 93094422