Quarta-feira, 17 de julho de 2019.

Falecimento de Dulce Maia

publicada em 13 de maio de 2017
Falecimento de Dulce Maia



"Partiu hoje uma das heroínas de nossa pátria. Muito se fala dos homens que participaram da luta armada contra a ditadura e pouco se fala de guerreiras como Dulce Maia.
Ela participou de inúmeras ações, principalmente assaltos a bancos. Após dois anos e meio na cadeia, sem nunca ter delatado ninguém, ela ficou com os cabelos todos brancos de tanto ser torturada.
Queria muito ter conhecido ela pessoalmente. Não só por sua história de lutas, mas também porque ela foi companheira do meu pai Diógenes durante 15 anos. Um amor rebelde que começou quando os dois eram guerrilheiros em São Paulo e perdurou durante os anos de exílio.
Descanse em paz guerreira, tua história jamais será esquecida" (Texto de Guilherme F. de Oliveira, filho do Diógenes)
Versão para impressão Envie para um amigo Deixe seu comentário
Aloísio Palmar

Envie esta notícia para seus amigos

Seu nome:
Seu e-mail:
Enviar para:
envie para vários e-mails separando-os com vírgula

Deixe seu comentário sobre esta notícia

Seu nome:
Seu e-mail:
Escreva seu comentário:
0 caracteres utilizados. Máximo 100 caracteres.

Digite o código contido na imagem ao lado:
Caso não consiga ler o texto da imagem, clique aqui.

Comentários

Nenhum comentário ainda foi registrado.
Seja o primeiro a comentar! Clique aqui ››

Contato

Telefone
(61) 35418388
(61) 93094422