Blog Página 64

Este "blog" pretente abrir un canal de discussão da soberania brasileira em seu amplo contexto de legalidade constitutcional, seus caminhos e alternativas, que a Nação necessita para sua emancipação.

Busca

Autores

Histórico

GREVE DE PEOFESSORES E TRANSPARÊNCIA

31 de maio de 2012

Este artigo foi publicado no jornal A TARDE em  31/05/2012, Salvador, BA

Há 51 dias os professores da rede pública de ensino do Estado da Bahia encontram-se em greve para que seja cumprida uma lei federal, Lei 11.738 de 16 de julho de 2008.
Celebrada em nosso País como uma conquista, a Lei do Piso estabelece um salário nacional abaixo do qual nenhum professor pode ter seus vencimentos básicos..
Esta lei tem encontrado verdadeira resistência em ser efetivamente instituída no estado da Bahia. Alegando falta de recursos, o Governo Wagner, vem se opondo peremptoriamente à sua aplicação.
A mesma lei normatiza que os recursos provindos do FUNDEB (Fundo de Manutenção e Desenvolvimento da Educação Básica e a Valorização dos Profissionais da Educação) devem ser aplicados no reajuste salarial cujo índice é estabelecido pelo Ministério da Educação.
Está previsto na Lei do Piso, inclusive, que uma vez não dispondo, este Fundo, do total dos recursos necessários para a aplicação do reajuste salarial, fica o governo federal incumbido de complementar o mesmo.
Assim sendo, na ausência ou insuficiência desses recursos, mediante prestação de contas por parte do governo estadual dos valores recebidos e aplicados do FUNDEB na educação pública , o governo federal se prontifica a complementá-lo.
Longe de se limitar a um enunciado retórico, a transparência do que é feito daquilo que é público, é um dever do Estado e um direito do cidadão.
Se é verdade que o Estado têm a responsabilidade de prover a população dos serviços básicos, entre eles uma educação pública de qualidade, este mesmo Estado fere tal responsabilidade, quando protela um desfecho do movimento grevista ao não permitir abertura contábil dos recursos públicos para os cidadãos baianos.
Perpetuando uma problemática dolorosa para todos - professores, alunos e pais de alunos - o governo do estado da Bahia não está dando um bom exemplo no tocante ao cumprimento de regras e leis, pois além de não cumprir a Lei do Piso, não se faz transparente com as contas do FUNDEB.
Transparente, ou se é, ou não se é. Eis a questão.

postado por Maísa Paranhos. às 12:11

Reunião Dilma-McCain. Para quê?

21 de maio de 2012

João Vicente Goulart é diretor do IPG-Instituto Presidente João Goulart

Reunião Dilma-McCain. Para quê?

Por João Vicente Goulart

O Instituto Presidente João Goulart lembra a verdadeira alma da democracia, que nos traz desprendimento
e altruísmo quando se trata
de diplomacia entre países livres e soberanos que respeitam, entre outras prerrogativas da consideração mútua, os direitos humanos, o direito
à vida e a verdade, a
Carta da ONU de “não intervenção” em outros países, também livres e soberanos, principalmente
o direito das maiorias, da vontade popular através de eleições, para então serem respeitados como povos livres e “amigos”.
Foi assim que elegemos nossa Presidente.
Ocorre que diante de tão inesperado encontro, Dilma-MacCain, é bom lembrar que até hoje o senador norte-americano não respondeu à denúncia
feita por minha pessoa,
na eleição presidencial americana, através das agências de notícias internacionais. A denúncia apontava que em seu gabinete, em Washington, este anfitrião de hoje do Palácio do Planalto escondia como assessor nada menos que Frederick Latrash, ex-“Chief of Station” da CIA em Montevidéu, Uruguai, que no ano de 1976 foi responsável por encobrir inúmeros casos
de desaparecimentos, mortes e sequestros no Cone Sul, tendo o mesmo inclusive participado da reunião final, com Fleury
e outros agentes, que condenou Jango a morrer
na operação Escorpião, braço da Operação Condor.
Documentos à disposição em nosso site (Documentos desclassificados) mostram que os EUA tinham conhecimento dos assassinatos seletivos através de seu Secretário
de Estado Henry Kissinger, que se encontrava na África e comunicou ao seu embaixador Sr. Siracussa, em Montevidéu, que tinha conhecimento da referida operação a ser levada a cabo pelo serviço secreto
da repressão uruguaia,
sem tomar nenhuma medida para impedir a mesma.
É salutar o exercício da democracia, mas é bom também que se saiba que, enquanto o Ministério Público do Brasil analisa
a possibilidade de arquivar
a investigação que apura
a morte de Jango, uma
das medidas não tomadas
e sugeridas pelo Instituto Presidente João Goulart
ao MP é exatamente a “auditiva” deste personagem e agente americano da CIA, Frederick Latrash, amigo
e companheiro de armas do Senador MacCain, que
hoje se encontra com
nossa Presidente Dilma sem sabermos ainda a tão importante pauta da reunião.
Será que estamos diante de uma pressão para comprar os caças americanos, pois a origem de MacCain é exatamente a Força Aérea americana e do mesmo Estado de origem de Latrash?
Ou estaremos conversando sobre a quebra dos direitos humanos praticados no Cone Sul e endossados pelo seu amigo Frederick Latrash na América Latina de 1976, quando era o chefe da CIA em Montevidéu?
Ou quem sabe o MP do Brasil aproveita e pede
uma informação ao senador americano onde podemos conversar com Latrash?
I’m a dreamer, but I’m not the only one!
João Vicente Goulart é diretor do IPG-Instituto Presidente João Goulart. Mais informações: www.institutojoaogoulart.org.br
postado por Joao Vicente Goulart às 20:19

O VEREADOR, A SOPA DE LENTILHAS E O PETIÇO.

06 de maio de 2012
O VEREADOR, A SOPA DE LENTILHAS E O PETIÇO.


São estarrecedores os últimos posicionamentos do vereador Leonel Brizola Neto, quanto a sua dialética verborrágica de quem cospe nos pratos de lentilhas da política trabalhista dentro do PDT.

-“Bem feito para Jango”, diz ele em referência ao Presidente João Goulart, em seu blog no dia de hoje que, segundo suas insinuações, (pois só podem ser suposições), onde o presidente haveria caído por força de aliança com a direita em 1964 no que chama hoje de “lupitucanato”.

É tão mal escrito e tão mal formulado o tal artigo, que dá pena do Rio de Janeiro ter um vereador na vice-presidência da Câmara Municipal, que não respeita se quer a dignidade histórica de sua própria família e do Brasil.
Falta de estatura, sem dúvidas, pois nem a falta de maturidade, justificaria essa arrogância de pensar em ser o dono da doutrina trabalhista quando quer falar contra companheiros de luta de seu avô.

Talvez também lhe esteja subindo á cabeça, ao estar dentro da “gateira”, (lugar onde partem cavalos de cancha reta no Sul) onde se alinham somente probos animais puro sangue e jamais petiços, mesmo que cosquilhosos.

Petiços são cavalares sem estatura para o páreo.

E continua na sua pregação; dias atrás quando fez um pronunciamento na Câmara Municipal do Rio de Janeiro sobre companheiros, aos quais chama de traidores por haverem cuspido na sopa de lentilhas e muitos abandonado o PDT, quando em algum momento divergiram de seu avô Leonel Brizola, como eu próprio, pois me incluo nessa lista, quando para ter espaço, saí do PDT, mesmo sendo signatário da Carta de Lisboa, sobrinho e amigo de Leonel Brizola. Assim como o companheiro Trajano Ribeiro que nem se quer saiu, apenas divergiu e está sendo massacrado por estar em uma posição divergente, o que é normal dentro de um partido político que prega a democracia.

E a Presidenta Dilma, companheiro Brizola Neto, ela também cuspiu no seu prato de lentilhas, por haver saído do PDT?

Por que então perdem tempo articulando a posse de um Brizola no Ministério do Trabalho com uma cuspidora de pratos que traiu o PDT?

Ora, ora, vereador; seria interessante crescer um pouco mais politicamente e entender que às vezes as alianças são necessárias. Inclusive a primeira delas, feita com a ditadura, foi feita no sul, quando seu avô orientou o PDT do Rio Grande do Sul em 1986, a fechar o apoio ao então deputado Nelson Marquezan do PDS , sucessor da ARENA, muito antes do restabelecimento das eleições diretas para presidente.

Sopa de lentilhas e cavalos de corrida, não se confunde com traição e petiços.

Existem muitas capas da Veja que falam em traição, e toda família tem uma vereador.

Jango não traiu ninguém, nem na vida nem na morte.
João Vicente Goulart.
Diretor Instituto Presidente João Goulart
Versão para impressão Envie para um amigo Deixe seu comentário
Artigos IPG, João Vicente Goulart.
Envie esta notícia para seus amigos
Seu nome:
Seu e-mail:
Enviar para:
envie para vários e-mails separando-os com vírgula

Deixe seu comentário sobre esta notícia
Seu nome:
Seu e-mail:
Escreva seu comentário:
0 caracteres utilizados. Máximo 300 caracteres.

Digite o código contido na imagem ao lado:
Caso não consiga ler o texto da imagem, clique aqui.

‹‹‹ Voltar
13 Comentários
06/05/2012 às 10:03
Marilda Oliveira escreveu:
Prezado JVG, meu comentário deixado em seu facebook, reforça meu repúdio pela atitude do moleque Brizola Neto.Hoje, nomeado ministro do trabalho.Jamais este atuará como o Ministro do Trabalho João Goulart com mestria,nobreza,fiel ao povo brasileiro, motivo da sua perseguição política e execução.
15/04/2012 às 16:42
Rafael Greca escreveu:
Meu caro João Vicente Goulart parabenizo o pelo excelente artigo e sua coragem ao Defender um dos maiores Estadistas que esse pais já teve. Esse não é mais o PDT de Darci Ribeiro, Bezola e seu neto paraece desconhecer que se Jango tivesse vivo e Anistiado seria o maior líder das oposições.
14/04/2012 às 20:36
Adrina Folch Sucupira escreveu:
Jango não traiu ninguém, nem na vida nem na morte. Isso mesmo JV estou contigo e não abro. O Sr Brizola deveria estudar um pouco mais a história. Inclusive me pergunto será que o Sr sabe que o nome verdadeiro de Leonel Brizola é Itagiba de Moura Brizola? Estude um pouco mais...
14/04/2012 às 14:04
Adrina Folch escreveu:
Quem é o vereador Brizola neto para falar de Jango? O neto do Itagiba deveria lembrar que Jango propos reformas estruturais mais amplas do que o próprio Brizola. Parabéns pelo artigo João Vicente, quem sabe seu sobrinho neto aprende mais sobre história contigo .
13/04/2012 às 17:17
Sergio Oliveira escreveu:
Determinada ocasião, em que eu criticava as atitudes do Brizola Neto, um companheiro disse: - Não te preocupa, Brizola somos todos nós, eles são apenas netos.
13/04/2012 às 17:15
Sergio Oliveira escreveu:
Que Golbery tramou, inflando Lula para ele viesse a se contrapor a Brizola e ao trabalhismo, que ele, Lula, criticava antes de Brizola voltar do exílio.
13/04/2012 às 17:14
Sergio Oliveira escreveu:
Tanto ele, quanto seu irmão, são fraquinhos; o deputado federal tornou-se um vassalo do PT; no seu blog Tijolaço ele faz a alegria dos pestistas (peste + petistas), pois não fala no trabalhismo de Getúlio, Jango e Brizola, ajudando aquilo que Golbery tramou.
13/04/2012 às 15:58
Jose Carlos sucupira escreveu:
Esquece o Menino vereador que foi em seu jato e com sua interferência direta que Brizola voltou ao Brasil por Foz do |Iguaçu. Sera que o guri esta se satisfazendo com as migalhas Lupianas??? João Vicente a cada dia mais me orgulho de ser seu amigo e companheiro. Estou contigo José Carlos Sucupira
13/04/2012 às 13:21
Alexandre Folatre escreveu:
Brizola e Jango são ícones únicos, são baluarte na história política do Brasil, suas trajetórias e seus legados não podem ser olvidados, a de se pensar muito antes de falar qualquer coisa que diga respeito a honradez de seus nomes . Tenho certeza, que lá onde se encontram ao lado do Altíssimo, os do
12/04/2012 às 17:37
Leonel Brizola Neto escreveu:
Nunca conseguirão me intrigar com o meu tio-avô, muito menos diminuir a minha admiração por esse grande líder e herói nacional que foi Jango.Ao lermos o texto Vem aí o lupitucanato,o que vem antes e depois da frase que foi distorcida? Antes vem FHC e depois Aécio Neves. Acessem:http://bit.ly/IvjiVM
11/04/2012 às 21:17
Ismar J. Teixeira escreveu:
Eu lamento muito a cretinice de um moleque que ainda está de fraldas criticar Jango um dos maiores estadistas do Brasil que aceitou a deposição para não haver derramamento de sangue de brasileiros. Esse garoto tem que ler muito a história do Brasil para não falar bobagens. Estudou na escola do pai.
11/04/2012 às 12:30
DANILO GROFF FILHO escreveu:
Que moral este guri tem de falar, q história ele tem dentro do PDT ele leva o nome do avô mais age como um apolítico rsrsrsr o discurso péssimo vc vai reeleger este menino ?
11/04/2012 às 12:22
Elma Cerqueira escreveu:
Quero te parabenizar pela resposta, alguem tem que orientar o Vereador e falar para ele medir seus comentarios, sou filha de um homem que trabalho com os dois grandes Lideres do nosso pais Tanto Brizola como Jango e so sinto orgulho de pertencer a esse lindo Partido que so teve grandes nomes.
Digite o texto aqui...
postado por Joao Vicente Goulart às 19:09